quarta, 19/09/2018

MUSEU NACIONAL: UMA VÍTIMA DO DESMONTE DO ESTADO BRASILEIRO

Para a FITES incêndio que destruiu o Museu Nacional não necessita de peritos para constatar as suas causas ou seus autores, pois, todos conhecidos são bem conhecidos. Em primeiro lugar o presidente ilegítimo, Michel Temer, que com sua equipe econômica, tendo a frente o agora candidato a presidente, Henrique Meirelles (MDB), formulou a PEC do congelamento dos gastos públicos para os próximos 20 anos, que atinge não somente a educação, infraestrutura e a saúde, mas também a pasta da cultura, como é caso do Museu Nacional.  Por outro lado, muitos deputados e senadores, que hoje soltam notas de pesar, são culpados também, já que votaram com o governo golpista o congelamento dos gastos, que mantinha um patamar mínimo de recursos para o bom funcionamento destas instituições que guardam a memória do Povo brasileiro. Estes são os verdadeiros culpados e devem ser responsabilizados, especialmente na hora da população ir às urnas em outubro.  

A FITES lamenta profundamente essa verdadeira tragédia anunciada, já que nos últimos tempos bastava um simples passeio nas dependências do Museu Nacional para constatar a falta de investimentos. Um país que não valoriza suas memórias, suas raízes, a pesquisa cientifica jamais terá condições de se encontrar com o seu presente, um fosso enorme vai se consolidando e os resultados podem ser vistos hoje em nossa sociedade, o discurso do ódio na política, da xenofobia contra irmãos latinos americanos ou africanos, a pregação do estado mínimo, a retirada de direitos básicos dos trabalhadores, enfim, toda uma conjuntura obscura que precisa ser combatida.

Neste momento de consternação a FITES reitera sua solidariedade a todos os trabalhadores e das trabalhadoras do Museu Nacional, aos pesquisadores, biólogos, Historiadores, enfim a todos que vivem diariamente o desafio de levar cultura e conhecimento à população.  É hora de reconstruir não somente o museu, mas novas bases democráticas para o país, para que em um futuro próximo não haja mais vitimas do desmonte do Estado Brasileiro.  

 

Webmail
Webmail
Nome:
Senha: